segunda-feira, 29 de outubro de 2007

PORQUE ALGUMAS COISAS VALEM À PENA



Quando finalizava a pós, senti necessidade de criar um veículo em que pudesse falar um pouco sobre este apreço pelos games antigos e por essa estética de sucata digital, cheia de pixels visíveis que só os 8 bits permitem.

Foi, na verdade, até em virtude da apresentação do Bruno (pirado, esperto e genial!!!), que senti este desejo, pois o cara finalizava a apresentação dizendo: "Para maiores informações, acesse meu blog..." e eu pensei: "Oh, boy! Porque nunca pensei nisso?!?"

O blog começou despretencioso e sem uma cara definida. A idéia era passar para esta mídia parte do conteúdo estudado para a monografia que, embora interessante em conteúdo, acabava ficando de fora, em virtude da linha adotada para o trabalho.

Com o tempo, tomei MUITO gosto pela coisa e às vezes gasto horas pesquisando bizarrices e gadgets na net, só pelo prazer de postar algo novo.

Palavras breves como a do Rodolfo são um renovo de inspiração para mim.

Significa que, mesmo com pouquíssimos comentários, tem alguém lendo estas doideiras e está curtindo a brincadeira!

Obrigado e todos vocês que acompanham o Retro Games. Isto não vai acabar tão cedo!

Servimos bem para servir sempre!

A gerência agradece!

Volte sempre!

domingo, 28 de outubro de 2007

PACMAN... POR APENAS US$ 2.000

É caro, mas seu filhinho ia adorar ter um desses! (E você também, eu sei!!!)

É claro que, depois de pouquíssimo tempo, ele ia voltar para o PS3 e para o Wii e aí você ia ficar se perguntando se valeu o investimento.

Em tempo: um arcade original, no centro de São Paulo, de Space Invaders, por exemplo, é encontrado por valores médios de R$ 200,00 a R$ 400,00...

Ainda assim, se você gostou do mimo, clique no site.

PRA MATAR A SAUDADE DOS ANOS 90...


Estou sempre falando aqui sobre coisas e games de épocas em que a maioria da audiência presumida deste blog estava ainda nascendo ou nem isso...

Mas olha só, se você gostava dos games de 90, pré e pós Playstation, este é o equipamento pra você: um console direto na tela de plasma super estilosa, pra você curtir um retrô do finzinho do milênio passado.

São 90 jogos, mas vi a lista e não conheço nenhum... Talvez eu tenha curtido muito pouco esta década paupérrima com moda copiada dos anos 70 e pleno descaso com os (fantásticos!) anos 80.

KIT RETRÔ


Há pouco tempo atrás, postei um link de um desenvolvedor de games retrô, que comercializa um kit básico para você jogar até(!) dois jogos, trocando o chip direto na placa (você não leu?!?)

Hoje encontrei este kit, bem mais completo, para criar jogos mais bacaninhas pra jogar como se fosse um emulador, direto no hardware desenvolvido por eles.

A proposta do projeto é educacional e pretende oferecer aos interessados uma plataforma para aprender o desenvolvimento de games por multiprocessamento, veja no site.

O fabricante ainda oferece o XGameStation, outro kit educacional para montar seu próprio console de retrogames portátil. Leia o comentário sobre o produto aqui.

Tem algum amigo lá fora?

LEGO TECH


Estou escrevendo um material para uma exposição sobre curiosidades do mundo da informática, aspects pitorescos e outras bizarrices.

Entre as informações coletadas descobri que Charles Babbage consumiu toda a fortuna da família e uma grande soma da Real Sociedade de Astronomia da Grã-Bretanha na criação da Máquina Diferencial, um aparato que continha todos os princípios necessários para ser considerado o primeiro computador do mundo. O engenho nunca funcionou direito, por falta de tecnologia apropriada para a façanha (estamos falando de 1822!!!).

Muito tempo depois, um freak chamado Andrew Carol conseguiu recriar o invento de Babbage com... Lego!

Não sei se a traca funciona. Mas você pode conhecer detalhes do projeto no link do site do malu.. digo, do gênio!

FAZENDO SEU MEGA NINTENDO DS


O bacana da internet é que você sempre encontra alguém realmente mais pirado do que você!

Observe a foto acima: o maluco resolveu fazer um DS tamanh família com duas telas de Tablet PC.
Na página (clique no link) tem até um vídeo mostrando a performance da máquina e é impressionante!!!

O cidadão não disponibiliza o passo-a-passo par você fazer o seu, como acontece com o tutorial de Arcade Games, já postado aqui anteriormente, mas li em algum comentário que a brincadeira não é barata e o sujeito gastou algo como US$ 400...

Mas não deixa de ser bem sacado...

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

SAPOS BRIGUENTOS


Ok, vamos desde o começo...
Um certo dia, dois malucos que queriam ganhar a vida com história em quadrinhos resolveram juntar tudo o que acreditavam dar certo no mercado editorial juvenil e compuseram um mix de bichinhos (à Disney), artes marciais (sempre um clássico!), mutantes (X-men...) e atitude rebelde, como os jovens. O resultado, você já deve ter adivinhado, foi Teenage Mutant Ninja Turtles, ou Tartarugas Ninjas.

Depois que Peter Laird e Kevin Eastman encheram as burras com sua (re)criação, outros vieram na cola, é claro, e não só nos quadrinhos.

As TMNT fizeram um tremendo sucesso nos arcades, também. O jogo das cascudas era divertido, dinâmico, cheio de fases e permitia até quatro jogadores simultaneamente. Um marco!

Não demorou e logo apareceu concorrência à altura.
Os sapos lutadores vieram para disputar o mesmo terreno da diversão eletrônica com as ninjas e, se por um lado pareciam uma cópia descarada, por outra mostravam que não eram brincadeira de criança, com um jogo extremamente longo, denso e violento!

Battletoads marcou presença por ser um dos jogos mais difíceis de bater de sua época. Diferente das tartarugas que eram apenas audaciosas, os sapões eram debochados e mutreteiros e este estilo era reforçado não apenas pela atitude e velocidade do jogo (veja este gif da bike espacial), como também pela trilha sonora (é necessário login para baixar) ,composta por David Wise, mais famoso por seu trabalho de sonorização de Donkey Kong Country.

O desenvolvimento do game ficou a cargo da Rare, parceira de longa data da Nintendo (que lançaria outras pérolas do game design como o já citado Donkey Kong Country e Goldeneye 007), que caprichou também nos gráficos, sendo um dos grandes trabalhos para o Nintendinho, que já enfrentava a ostensiva presença do Mega Drive na época.

O game acabou lançado para inúmeras plataformas, como o Mega Drive, Game Gear, Game Boy e Amiga CD32 (hein?!?).

Tamanho sucesso acabou levando os batráquios também para a tv, em uma animação da Fox, cujas fotos você confere clicando aqui.

Se você jogou com os sapos e tem saudades, eu tenho uma boa notícia: detone online e salve a princesa! Se não jogou mas quer conhecer, não perca mais tempo; clique neste link e boa sorte! Creia: você vai precisar para finalizar este game!!!

domingo, 14 de outubro de 2007

AINDA + ROBÔS!

Sim... Sim...
Eu gosto de robozinhos!
Você já sabe disso...

Este aí acima é um Slobot.
Não está disponível por aqui, mas você pode babar neles (como eu!) no site do fabricante.

Ai, ai...

SOM DE RESPEITO!


Peguei este vídeo no site Retrobits, que sempre visito para curtir o conteúdo.

É uma compilação de músicas do game Megaman tocadas com instrumentos de verdade, ao invés de Chiptunes, algo que está ficando cada vez mais frequente.

Há muitas bandas, inclusive nacionais, que têm se dedicado a gravar músicas de games e isto ainda vai virar post um dia...

Curta o som, vale à pena.

E EU PENSANDO QUE CONHECIA RETROGAMES...


Olha esta geringonça!!!

O sujeito em Austin criou esta bagaça com recursos que outros fabricantes disponibilizaram.
Seu objetivo é levar às crianças a oportunidade de brincar com os games mais retrô do planeta e, de quebra, ensinar um básico de programação.

Achei o projeto o máximo!
A tosqueira permite optar por DOIS jogos: Retris, versão simplificada do Tetris e RetroRover, um joguinho para evitar os obstáculos.

Para trocar o jogo, você só precisa trocar o chip da lateral direita...

O site é o Rothfus que, curiosamente, não te leva para o link do game (que aliás, eu nem sei como cheguei, eheheh!).

Interessado na relíquia???

sábado, 13 de outubro de 2007

DOMO ARIGATO, MR. ROBOTO!

Alguém lembra dessa música do Stix?!?
É muito oitentoza, eheheh...
Bem, só lembrei deles para dar nome ao post de hoje.
Lembra que eu comentei que voltaria a falar de robôs brevemente?
Olha estes figuras aí de cima... São robôs feitos em madeira, disponíveis para você que mora aí no... Japão!
Pois, galera... Os brazucas podem ficar aqui babando ou esperar pela visita do próximo decassegui!
Se quiser conhecer outros modelos, clique na foto dos andróides ou neste link.
Fiquei com vontade de fazer alguns... Será que tem mercado??? Você compraria?
É isso aí...
Bem, por fim, se você ficou com saudades do Styx (ugh!), veja um clipezinho feito com Hack & Slash, personagens da inigualável série de animação ReBoot (Não lembra de ReBoot?!? Shame on you!!!)

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

MODA RETRÔ


Vi uma vez em um filme e mais tarde li em alguma revista ou livro que o mercado publicitário pretendia pagar para as pessoas vestirem suas propagandas (e até mesmo coisas mais bizarras como dar a seus filhos o nome de produtos, como Xerox, Intel, etc!!!).

Não chegamos a isto ainda, mas o pessoal da alta costura parece bem influenciado por estas idéias... e o pior é que fica legal!

Se você quiser conhecer outras características da 'roupa-de-j0gar' clique no link (e saiba inglês!).

Há também um vídeo no Youtube para você conferir a galera se divertindo no corpinho da gata (no bom sentido, garotos!!!)

MICRO GAME


Encontrei este gamezinho por mero acaso.

É pequeno, retrô até a medula e muito simples: com as setas você caminha pelos ambiente par recolher os tesouros, com a bara de espaço você atira bolas vermelhas (!?!) nos inimigos...

Simples asim. Mas se você curte um casual game igual aos da sua infância e pré-adolescência é o que há!

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

RETRO KEYBOARD


Sei, sei... Não tem nada a ver com vídeo game...

Mas é bem retrô, né? Isto você não pode negar! E dá pra jogar no emulador!!!

Neste Tutorial você aprende a fazer um igualzinho. Mas prepare-se, você vai precisar de muuuuita paciência, pois é bem chato e demorado de fazer.

O doi... digo, o cidadão que fez este é um bom artesão e o trabalho é profissa, mesmo!

Se eu não fosse tão ocupado (e ainda mais preguiçoso...)

EU, ROBÔ


SEMPRE gostei de robôs!
Era muito, muito pequeno quando assitia National Kid e Ultraman...

Também era fã incondicional de 'Os Impossíveis' (alguém lembra???)
A partir dos 11 ou 12 anos descobri que a bibioteca perto de casa emprestava livros e consumi praticamente tudo o que achei do inigualável Isaac Asimov e sua saga de robôs, Sir Arthur Charles Clarke e Ray Bradbury... (além de Phillip K. Dick!)

Aos 14, fui tomado pela febre Star Wars e o mundo, obviamente, nunca mais seria o mesmo pra mim, eheheh!

Eu podia falar muito mais sobre robôs, mas acho que você já entendeu que eu gosto deles. Um dos mais fascinantes era o Robô B9, de 'Perdidos no Espaço. Houve uma promoção, por volta de 1970, em que, se você achasse o vale-brinde na tampa de alumínio do Toddy, trocava por um deles... Cheguei a sonhar em ter o meu, mas isto nunca aconteceu... (snif!)

Talvez por isso eu tenha enveredado pelo caminho da cenografia, bonecos e maquetes... Agora eu já podia fazer meus próprios robozinhos (e, creia, eu FIZ alguns, yeah!)

Estou ficando velho, meninos, mas continuo gostando de robôs... Olha o Mimo deste sujeitinho aí em cima! Porque eu tive que nascer no continente de baixo?!? Santa injustiça, Homem-de-Lata!!!

Encontrei este e outros fantásticos neste site.

Sei que você vai curtir!!!

Em breve, mais robôs bonitinhos...

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

SUPER MARIO BLOCKS


Sempre que vejo estes Gadgets fico impressionado com a capacidade destes gringos de saber fazer dinheiro com tudo...


É um verdadeiro mercado feito de trás pra frente: ao invés de o cara fazer um produto que entende ser necessário para o público e aguardar o resultado de vendas, o produto já é pensado como recurso de merchandising, prvendo o público-alvo e as estimativas potenciais de vendas já na etapa de concepção!
No campo dos games isto demorou um pouco a pegar, pois ninguém sabia ao certo o potencial de alcance destes ícones quando os games viraram mania, a partir de 1980... Quem inaugurou este processo foi Pacman, que tornou-se repentinamente um marco dos games e objeto de desejo de centenas de milhares de crianças, mulheres (uma novidade para o meio gamer!) e aficionados por game em geral!
Esta história está melhor explicada neste post, se lhe interessar...
Aproveito esta informação para apresentar o mimo de hoje... Olha se não dá vontade de ter um Super Mário dests na sua estante de bugigangas Geek!!!
E o melhor, eles emitem sons do game original! Veja o vídeo nesta página e conheça detalhes do produto.

POLY?!? O QUE É ISSO???


Ok, vou contar um segredo sobre a minha tenra infância, que ocorreu mais ou menos no milênio passado...
Quando eu era criança, no final dos anos 60 (Oooops!!!) não existia no Brasil o brinquedo Lego.
A gente se divertia com opções genéricas como o Montebrás (cujo parente mais próximo é o Tinkertoy - veja também neste link), os fantásticos Pinos Mágicos e o Poly, que era muito parecido com o Lego, mas era mais parrudo.
Eram brinquedos geniais que inspiraram toda uma geração de petizes criativos que se tornariam os Professores Pardal de amanhã.
Para minha sorte, embora não existam mais o Montebrás (ô, saudade!!!) e o Poly, ainda posso oferecer aos meus filhotes a chance brincar com os Pinos Mágicos e com o Lego, que permite muito mais opções de montagens e criação de brinquedos do que os produtos de outrora...
Tá, tá, chega de enrolação e saudosismo... Olha o que eu achei na internet hoje: um site com aquela cara 8 Bits que mostra como são feitos os Legos! Não tem joguinho, não tem mais nada, mas é um charme e, de quebra, mostra pra gurizada como se produzem estes bloquinhos, de uma maneira interessante e lúdica.
Dá uma olhada!!!

terça-feira, 2 de outubro de 2007

FAZENDO MÚSICA COM ATARI...


Você já deve conhecer o Golden Shower.

É uma dupla de músicos de São Paulo que trabalho no mercado publicitário e cria trilhas, vinhetas e outras loucuras musicais...

Um dia, os caras inventaram de fazer música a partir de sons de Atari e, com a ajuda de outros amigos da produtora, fizeram - em tempo record! - este clip genial!!!

Infelizmente os caras não se apresentam ao vivo, ou raramente o fazem, mas se você quiser conhecer um pouco mais do trabalho deles, clique no link do site e divirta-se com o ar retrô que os meninos criaram para a página e outras músicas da banda disponíveis.

Lamentavelmente, sou ZERO em html e ainda não sei como postar vídeos do Youtube no Blog, então coloquei o clip em outra área, no rodapé do blog... Aliás, se alguém quiser me ensinar como resolver esta treta estou aberto a sugestões e dicas!!!

Se você clicar na imagem do post também será direcionado para o clip no Youtube...

Grazie & have fun!

RESIDENT BLONDOR


Esta é muito boa!!!

Tenho uma certa dificuldade para fazer humor a partir dos games, uma iniciativa que ainda pretendo levar a sério um dia.

Também não encontro muitas tirinhas baseadas em games que sejam realmente divertidas... Então, sempre me surpreendo quando encontro algo que foge do raso e tem uma boa sacada!

Hoje dei umas boas risadas com a tira acima!!!

A arte foi tirada deste site, se você quiser dar uma olhada, mas o material disponível já não é tão bacana.

Clique na imagem para ver o arquivo em tamanho maior!